Um adeus à essa maravilha..

by - 04:39


 Hoje, perdemos um grande icone da cultura brasileira, Elke Maravilha. E não podia  deixar de fazer uma singela homenagem: 
 Filha de um russo e de uma alemã, Elke nasceu na antiga Leningrado, hoje São Petersburgo. Seus pais resolveram imigrar para o Brasil, um país visto como promissor e bom acolhedor de estrangeiros, onde havia muitas colônias de imigrantes.
Era Muito inteligente, tanto,que na adolescência já falava, segundo ela mesma afirmava, nove idiomas: russo, o português, o alemão, o italiano, o espanhol, o francês, o inglês, o grego e latim. Alguns desses idiomas foram aprendidos em casa, por causa de sua raízes germânicas, e outros aprendeu em cursos, que seus pais pagaram com dificuldade. Foi morar sozinha no Rio de Janeiro aos 20 anos, e teve diversos empregos para pagar seu aluguel e sua faculdade de letras.


 Apesar de não ter pretensão de seguir uma carreira artistica, foi convencida a faze-lo. Chamava atençao por ser bastante alta e loira natural, o que era considerado uma beleza exótica para os padrões brasileiros. Comecou sua carreira de modelo e manequim aos 24 anos, com Guilherme Guimarães, e também trabalhou com outros grandes estilistas, incluindo sua amiga Zuzu Angel.



 
  Depois de alcançar sucesso no mundo da moda, deixou de lecionar. Fez até cursos de teatro e cinema, e chegou a participar da minisserie "Memórias de um gigolô", como dona de um bordel. Papel esse que foi bem executado ao ponto de ter sido convidada a ser madrinha da Associação das Prostitutas do Rio de Janeiro.
 Seu nome artístico foi dado pelo jornalista Daniel Más e lançado no ar por Chacrinha, com quem ela trabalhou durante 14 anos


 
  Elke chegou a ser presa por desacato, em 1971, após protetar contra o assassinato do Stuart Angel(filho de Zuzu Angel) durante a ditatura, o que fez com que ela perdesse sua nacionalidade brasileira.
 No filme sobre Zuzu, é interpretada por Luana Piovani. Ela ainda aparece em participação especial cantando num cabaré a música alemã 'Lili Marlene', da cantora e atriz Marlene Dietrich. 


Elke e Zuzu

 Patricia Pillar(como Zuzu) e Luana Piovani (como Elke)

  Apesar de dizer que não impactou o mundo, impactou sim! Era, de fato, uma maravilha. Autora de declarações polêmicas e de looks extravagantes, Elke foi uma influencia em varios "mundos", inclusive no da moda. Sua espontaneidade e carisma, sua luta por direitos, sua rebeldia, vão fazer falta. Descanse em paz Elke. 

Você pode gostar também:

0 comments